quinta-feira, 13 de abril de 2017

[Dica da Malu] Espada de Vidro

Sinopse: “O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou num arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar. Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sanguenovos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de pessoa que ela está tentando deter.”                                                                                                 Autora: Victoria Aveyard / Editora: Seguinte / Páginas: 496   Comprar: Amazon

Não recomendo a leitura desta resenha para quem não leu “A Rainha Vermelha”, pois, por se tratar de uma continuação, ela contém informações sobre o desfecho do primeiro livro. Caso queira ler a resenha sobre "Rainha Vermelha", você pode conferir aqui.

Quando li “A Rainha Vermelha” não sabia muito bem o que esperar, pois via pessoas que amaram o livro e pessoas que odiaram. Para minha surpresa, eu terminei o livro entendendo tanto as críticas quanto os elogios, mas mais inclinada para o lado dos que amaram. Quando fui pesquisar sobre o segundo, vi que mais uma vez as opiniões eram 8 ou 80. Desta vez, eu estou definitivamente no time dos que amaram.
A história continua exatamente no mesmo ponto onde o livro anterior havia terminado. Maven, com o auxílio de sua mãe, a rainha Elara, traiu seu pai, seu irmão e Mare. Agora, o rei está morto, Maven assumiu o trono, e Cal e Mare são considerados traidores fugitivos. A única saída para os dois é se juntar à Guarda Escarlate, que os resgatou na arena.
No entanto, tanto Mare quanto Cal têm outros objetivos que não os da rebelião. Cal deseja vingança contra o irmão que o traiu e obrigou a matar o próprio pai, em um plano terrível para assumir o trono. Já Mare quer ir atrás das pessoas que, como ela, têm sangue vermelho e poderes prateados. Ela sabe que essas pessoas representam uma ameaça para o reinado de Maven, e que o novo rei não medirá esforços para eliminá-los. Assim, unidos pelo desejo de detê-lo, Cal e Mare partem em uma missão atrás de outros sanguenovos.

“Se sou uma espada, sou uma espada de vidro, e já me sinto prestes a estilhaçar.”

Esse é um livro sobre o qual não posso falar muito sobre, pois há muitas reviravoltas e acontecimentos importantes desde o começo. Portanto, qualquer coisa que eu disser além do que já contei, poderá ser considerado um spoiler.
Uma coisa que me chamou a atenção é que muitas pessoas que criticaram o livro falaram que não acontece nada aqui e que falta ação, o que torna a leitura arrastada. Eu sei que cada um sente a leitura de uma forma, mas, para mim, foi o total oposto. Há ação do começo ao fim: fugas, traições, perseguições, reviravoltas, planos que dão errado... Enfim, o que não falta é coisas acontecendo e a todo momento eu ficava com o coração na mão com medo do que poderia acontecer a seguir.
Outro aspecto que gostei é que dá para sentir o peso dos acontecimentos do livro anterior na forma como os personagens se posicionam. Tudo que aconteceu deixou marcas em cada um deles e isso se refletiu em mudanças na personalidade de todos eles, no modo como eles agem e na maneira como encaram o mundo e a si mesmos.  Obviamente, a mudança mais significativa foi para Mare e para o Cal. Não só a relação deles foi abalada, como o modo como eles se enxergavam. Ambos carregavam arrependimentos por erros que cometeram, raiva pelo que passaram e insegurança pelo caminho desconhecido que os aguardava.

“Claro que sei que outros morreram pela causa e por mim. Mas eu também morri. A Mare de Palafitas morreu no dia em que caiu no escudo elétrico. Mareena, a princesa prateada desaparecida, morreu no Ossário. E não sei quem é a pessoa que abriu os olhos no subtrem. Só que o que ela foi e o que perdeu, e o peso disso é quase esmagador.”

A Mare, em especial, chegou a me irritar por sua total incapacidade de confiar nas pessoas, o que fez com que, em vários momentos, ela magoasse pessoas que não mereciam. No entanto, considerando a gravidade da traição do Maven, isso é totalmente compreensível. Além disso, é inegável que em muitos aspectos ela amadureceu e se tornou ainda mais forte. Mare sabe os erros que cometeu e se culpa por ter feito escolhas erradas. Agora, ela vai assumir as consequências de suas decisões, se esforçando ao máximo para proteger as pessoas que precisam dela e impedir que Maven siga com seus planos.
Outro reflexo da evolução dos personagens é que o romance tem ainda menos espaço que no livro anterior. É claro que o tempo todo percebemos que os sentimentos que ligam Mare e Cal são muito mais do que o ódio por Maven, porém, os dois sabem que há coisas muito maiores em jogo. Ambos estão feridos pelas traições e escolhas erradas, preocupados com o destino do país e com tudo que precisam fazer para impedir as ações de um rei tirano e sua mãe manipuladora. Nenhum dos dois tem tempo para refletir sobre seus sentimentos; há muitas coisas acontecendo e perder o foco do que é importante pode trazer consequências muito ruins.

“Mesmo assim, por algum motivo, sinto uma ligação com ele. Lembro do garoto sobrecarregado que me deu um moeda de prata quando eu não era nada. Com aquele único gesto, ele mudou meu futuro e destruiu o próprio.E temos uma aliança – instável, forjada em sangue e traição. Estamos conectados, unidos contra Maven, contra todos que nos enganaram, contra o mundo prestes a se despedaçar.”

Há também uma expansão do universo apresentado no livro anterior. Agora, podemos entender melhor o funcionamento daquele país. Apesar de não ser mostrado muito sobre a corte, percebemos que o reinado de Maven é instável e que há muitas famílias de prateados interessadas em vê-lo fracassar. Além disso, é em Espada de Vidro que o leitor terá uma real dimensão do que é a Guarda Escarlate e como eles se organizam. 
Com relação à escrita da Victoria Aveyard, só posso dizer que mais uma vez ela soube conduzir a história muito bem. Claro que há elementos clichês e que já foram vistos em outros livros de distopia antes, porém, ela sabe usá-los de uma maneira que envolva o leitor e ainda consiga surpreendê-lo. Aliás, é impressionante a capacidade que ela tem de construir reviravoltas e mudar totalmente o rumo da história. Associado a isso, há ainda um ritmo eletrizante, com muitas cenas de ação e de confrontos, que tornam a leitura muito dinâmica e fazem com que o leitor não sinta vontade de parar de ler.
Por fim, preciso destacar a edição maravilhosa da Editora Seguinte. Não só a capa está linda, como também a fonte e o espaçamento utilizados são ótimos e facilitam muito a leitura. É possível ver o cuidado da editora em cada detalhe, desde o uso de páginas amareladas até o marcador que vem junto com a orelha do livro, no final.
Assim, recomendo muito este livro para quem gostou de “A Rainha Vermelha” e para aqueles que queiram dar uma segunda chance para a série. Aqui a história é aprofundada e tudo se torna muito mais complexo. É um universo bem construído, com críticas sociais interessantes e pertinentes, e personagens muito humanos, que conquistam o leitor tanto por suas qualidades quanto pelos seus defeitos. Se eu já havia gostado do volume anterior, “Espada de Vidro” superou todas as minhas expectativas e venceu qualquer dúvida que eu poderia ter quanto a continuar a série ou não.
Não deixem de me contar nos comentários o que vocês acham da série “A Rainha Vermelha” e se pretendem continuar lendo os próximos livros. Só peço que não deixem nenhum spoiler do terceiro livro, “A Prisão do Rei”, pois muitas pessoas (inclusive eu) ainda não o leram. E, para quem quiser comprar algum dos livros da série, vou deixar o link de compra na Amazon aqui embaixo.

A Rainha Vermelha:http://amzn.to/2oAIypR
Espada de Vidro: http://amzn.to/2opV49v
A Prisão do Rei: http://amzn.to/2oALZwv
Coroa Cruel: http://amzn.to/2o84uo8

35 comentários:

  1. Eu tenho rainha vermelha mas ainda não li, espero ler e seguir a série toda, até porque leio muito elogios sobre a obra. Eu confesso que passei por cima na sua resenha para não pegar spoiler como você mesmo disse mas espero logo ler esse também.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karine, tudo bem?
      Certamente, você teria visto spoilers. Espero que você leia A Rainha Vermelha e a leitura atenda às suas expectativas. Eu estou gostando bastante da série.
      Beijos!

      Excluir
  2. Oiee
    Já tinha ouvido falar da trilogia, mas nunca fui ler. Se tiver oportunidade, com certeza vou ler sim, porque pela sua resenha achei a história bem interessante.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thai, tudo bem?
      Que bom que você se interessou pela série. Espero que você leia e também goste da leitura.
      Beijos!

      Excluir
  3. Olá, li "A Rainha Vermelha" na época do lançamento e gostei bastante do livro, recentemente comprei o volume 2, Espada de vidro, e agora é só conseguir tempo para ler. Gostei muito da sua resenha, obrigada pela ausência de spoilers :) , bom saber que você gostou do segundo volume.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem?
      Sendo sincera, eu gostei mais de Espada de Vidro do que de A Rainha Vermelha. Espero que você leia e goste deste livro também.
      Imagina, eu tento evitar ao máximo os spoilers nas resenhas, pois eu acho que estragam muito a leitura. Fico feliz que tenha gostado :)
      Beijos!

      Excluir
  4. Oii Malu
    Se eu te contar que não aguento mais ouvir e ler sobre esse livro, apesar de a série está no topo da minha lista de desejados rsrs, já da pra perceber que sou louca para ler ele né, estou esperando um momento certo ( dizem que tem um momento para tudo ) ainda não lerei ele, vou deixar pra depois ( apesar de já ter recebido vários spoilers. Amei sua resenha, e mesmo já conhecendo, obrigada pela dica.
    Abraços;**
    http://FebredeLivro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Cecília, tudo bem?
      Que pena que já pegou spoilers dos livros. Mas tomara que até você ler, já tenha esquecido dos spoilers kkkk.
      De qualquer forma, fico feliz que tenha gostado da resena *-*
      Beijos!

      Excluir
  5. Estou, simplesmente, maluca para ler essa coleção! Tenho A Rainha Vermelha aqui, mas nem desempacotei, olha o ultraje! Cada resenha que leio só me deixa com mais coceira, mas preciso fechar parcerias antes! rsrs... Gostei do seu texto, ficou ótimo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nuccia, tudo bem?
      Às vezes fica complicado mesmo para arrumar tempo pra ler os livros que estamos com vontade. Mas espero que você possa começar a ler essa série em breve, pois é uma leitura muito rápida e envolvente.
      Que bom que gostou da resenha! Obrigada!
      Beijos!

      Excluir
  6. Já li A rainha vermelha, mas tive que esperar o lançamento desse em inglês e acabei perdendo o interesse. Uma amiga minha já leu o terceiro e me contou o que acontece é eu fiquei meio cabreira. Não sei se vou ler os outros livros um dia.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, tudo bem?
      Se você gostou do primeiro livro, acho que vale a pena continuar lendo a série sim. Até porque, não sabemos o que acontecerá no quarto livro né? E se tem uma coisa que eu não duvido é da capacidade da Victoria Aveyard de construir reviravoltas surpreendentes. Se eu fosse você continuaria lendo. No mínimo, você poderá tirar suas próprias conclusões ;)
      Beijos!

      Excluir
  7. Olá!
    Ahhh que pena que tive que ler sua resenha...hahahaha. Estou com esses livros embalados ainda na estante, e será uma de minhas próximas leitura.
    Espero gostar e conseguir seguir até o final.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Camila. Tudo bem?
      Espero que você tenha lido só por cima, então, para não pegar spoilers do primeiro livro kkkk.
      Espero que você leia os livros em breve e goste também. Depois que ler, me conta o que achou.
      Beijos!

      Excluir
  8. ‘Para minha surpresa, eu terminei o livro entendendo tanto as críticas quanto os elogios,’ isso é bom, meio termo é sempre melhor que extremos. Ainda não i a série, sempre nutri interesse, apesar de saber muito sobre ela pelos excessos de resenhas lidas, mas a maioria, discorre muito bem sobre ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilian, tudo bem?
      Eu acho bom esse meio termo, porque evita criar muitas expectativas. Mas estou mais inclinada para os que amam a série. Sem dúvida, Espada de Vidro me conquistou de vez. Espero que você leia e goste também.
      Beijos!

      Excluir
  9. Oi Maria Luíza.
    Otima resenha.
    Eu ainda não tive oportunidade de conferir essa série e nem costumo ler muito o gênero, mas tenho vontade e está na minha wishlist ^^
    Sua resenha me deixou mais animada.
    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carolina, tudo bem?
      Obrigada, que bom que gostou da resenha! Fico feliz que ela tenha te deixado mais animada para ler a série. Eu gostei muito dos dois primeiros livros e estou animada para o terceiro. Espero que você leia e goste também. Se ler mesmo, depois me conta o que achou.
      Beijos!

      Excluir
  10. Olá, menina eu morro de curiosidade de ler esses livro, mas sempre que me deparo com essa capa linda, lembro que tenho uma pinha aqui esperando, aí deixo ele pra depois. Com certeza é uma ótima dica de leitura e sua resenha só confirma isso. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gleyse, tudo bem?
      A pilha de livros para ler é sempre maior do que a gente consegue de fato ler, né? Mas que bom que gostou da resenha. Quando tiver a oportunidade de ler a série, depois me conta o que achou.
      Beijos!

      Excluir
  11. Oie, tudo certinho?
    Já tinha ouvido falar da trilogia, mas nunca a li. Se tiver oportunidade, com certeza irei ler, pois, pela sua resenha achei a história super interessante, parabéns e sucesso!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Scarllet, tudo bem?
      Que bom que gostou da resenha e se interessou pela série. Espero que você leia sim e depois quero saber o que achou.
      Beijos!

      Excluir
  12. Oie
    eu ainda não tive tempo e oportunidade de ler a série mas ouço comentarios bem divergentes, então quem sabe eu não leia pra tirar minhas próprias conclusões hahaha bela resenha

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Catharina, tudo bem?
      Eu também sempre ouvia comentários muito divergentes sobre a série. Acabei gostando bastante da leitura, mas entendo algumas críticas. Acho que o melhor mesmo é você ler e tirar suas próprias conclusões. E, se você ler mesmo, me conta depois o que achou.
      Beijos!

      Excluir
  13. Primeiro agradeço por informar pelo spoiler, ainda mais eu que não comecei a ler a série ainda. Mas como não começar tão logo, não vi problemas em ler a resenha :)
    Adoro estes enredos cheios de reviravoltas, onde não temos tempo nem de respirar. Uma prova de que foi bem feito.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem?
      Imagina, eu acho sempre bom avisar, porque pode ter alguém que não queria saber informações sobre o livro anterior ou, atém mesmo, que não saiba que se trata de uma série.
      Espero que você leia a série e também seja surpreendida pelas inúmeras reviravoltas criadas pela Victoria Aveyard.
      Beijos!

      Excluir
  14. Não li o livro, mas sua dica aguçou um pouco a minha curiosidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marinalva, que bom que se interessou pelo livro. Bjs

      Excluir
  15. Eu ainda não li nada dessa trilogia (?) mas está na minha lista! Espero poder ler em breve! Dicas positivas não faltam, mas é tanto livro pra ler que ... ótima resenha! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mayara, tudo bem?
      Na verdade, são quatro livros além de um de contos. Por enquanto, só temos os três primeiros livros e o de contos. O último deve sair ano que vem. Espero que você leia a série e, se isso acontecer, não esquece de me contar o que achou.
      Fico muito feliz que tenha gostado da resenha *-*
      Beijos!

      Excluir
  16. Oi, Maria ^^
    A Rainha Vermelha é uma das minhas distopias favoritas!!!
    A autora Victoria conseguiu juntar elementos que adoro muito, aperfeiçoou os erros que outras séries cometiam e deixou tudo mais real e palpável.
    O pé atrás sempre da Mare me irrita mas é totalmente compreensível, se ela não tivesse esse mecanismo automático de autodefesa com certeza já teria caído há muito tempo atrás!
    Fiquei muito decepcionado com a traição do Marven no primeiro livro e é por conta dele e fatores financeiros que ainda não me deixaram continuar no enredo, eu tava gostando tanto desse personagem. :(
    Fico feliz em saber que o romance não é o foco da obra pois foi por conta disso que A Rainha Vermelha é uma das minhas leituras favoritas. Se é um enredo que envolve ação o foco tem que ser isso, se é romance que seja no romance.
    Obrigado pela resenha sincera e detalha, Maria. ^^
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruno, tudo bem?
      Também fiquei muito decepcionada com Maven, estava encantada com esse personagem. Mas vale a pena continuar a leitura, pois o livro é cheio de reviravoltas e muita ação. Apesar de não aparecer tanto neste livro, acho que o Maven vai se tornar um personagem mais complexo no terceiro livro.
      Obrigada, que bom que gostou da resenha!
      Beijos!

      Excluir
  17. A rainha vermelha é uma obra maravilhosa. O conteúdo é mágico, os personagens são fantásticos! A própria construção do medievo e de como a trama se desenrola é brilhante. Sua resenha foi apaixonante, e me fez lembrar bons momentos de minha leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em se tratando de Espada de vidro fiquei decepcionada e um pouco aflita. Mas ainda sim amo a trilogia.

      Excluir
  18. Abandonei essa série no primeiro livro. Confesso que não foi muito o tipo de leitura que eu gostei de fazer, achei tudo muito mal construido e os personagens confusos. Não me pegou.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir

Copyright © 2013 | Design e C�digo: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal